Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

MOURISCAS - TERRAS E GENTES

Criado em 2004 para falar de Mouriscas e das suas gentes. Muitos artigos foram transferidos doutro espaço. Podem ter desaparecido parágrafos ou espaços entre palavras, mas, em geral, os conteúdos serão legíveis e compreensíveis.

MOURISCAS - TERRAS E GENTES

Criado em 2004 para falar de Mouriscas e das suas gentes. Muitos artigos foram transferidos doutro espaço. Podem ter desaparecido parágrafos ou espaços entre palavras, mas, em geral, os conteúdos serão legíveis e compreensíveis.

CURRICULUM VITAE DO PROF. DOUTOR CARLOS LOPES BENTO

31.03.21 | João Manuel Maia Alves

 

 

 

carlos_lopes_bento.jpg

 

DADOS PESSOAIS

Carlos Lopes Bento, nasceu a 2.4.1933, no casal das Casas Pretas, freguesia de Mouriscas, concelho de Abrantes, filho de Elisa Alves Bento, mestra costureira e de David Lopes Mestre, carpinteiro, moleiro e pequeno agricultor, viúvo da Professora Maria Augusta Lopes Alves, pai de três filhos e residente no Monte de Caparica, concelho de Almada..

ACTIVIDADES ESCOLARES E ACADÉMICAS

1944 - Conclusão da Instrução Primária, em Mouriscas. Entre 1944 e 1947 ajudou o pai na profissão de moleiro.

1947- Exame de admissão no Liceu Nacional de Portalegre.

1948 - Início do ensino liceal no Colégio Infante de Sagres, em Mouriscas,

!951- Conclusão, no Liceu de Portalegre, do 5º ano liceal. Na prova oral de Português foi examinado pelo professor e poeta José Régio. Por ter mais de 18 anos, não frequentou o 4º ano.

1954 - Conclusão do curso liceal (7º ano, alínea H) no Liceu Passos Manuel, em Lisboa, depois de ter frequentado, durante dois anos, o Instituto de Santo António, em Castelo Branco.

1955 - Ingresso no Instituto Superior de Estudos Ultramarinos, sediado no Príncipe Real.

1959 - Conclusão do curso de Administração Ultramarina.

1960 - Rumou para Moçambique com a Família, onde viveu até 1974

1972- Frequência, em Lourenço Marques, de um curso de Relações Humanas na Empresa.

1974- Regresso a Portugal.

1976 - Licenciatura em Ciências Antropológicas e Etnológicas pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas.

1979 - Frequência do "Curso Livre de Portugal Contemporâneo - Aspectos Sociais e Políticos", ministrado na Universidade Livre pelo Senhor Professor Doutor João Baptista Nunes Pereira Neto.

1979/80 - Nos Açores (todas as llhas e concelhos e grande parte das freguesias), num Projecto de Desenvolvimento Regional dos Açores - Uma perspectiva sociológica e antropológica;

1980 - Nomeado Assistente da Universidade Livre para o Departamento de Ciências Sociais, sob a direcção do Digníssimo Professor Catedrático, Doutor Adriano Moreira.

1982 - Durante dois anos lectivos, frequência do Seminário de Civilizações e Culturas, ministrado na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, da Universidade Nova de Lisboa, orientado pelo Senhor Professor Doutor Augusto Mesquitela Lima.

1984- Nomeado Professor Adjunto Equiparado da Universidade Internacional.

1984 -Nomeado Investigador do Centro de Estudos Antropológicos do Instituto de Relações Internacionais do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas...

1986 - Requereu em 11 de Dezembro de 1986, admissão a provas de doutoramento em Ciências Sociais, ramo Factos Sociais, tendo como orientador o Exmº Professor Catedrático Jubilado Doutor Luís de Matos, petição que foi deferida por despacho de 17 de Dezembro de 1986, do Conselho Científico do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas.

1987 - Nomeado membro do Centro de Estudos Africanos, a funcionar no Instituto Superior de Ciências do Trabalho e de Empresas.

1987 - Frequência no Centro de Estudos Africanos, de um Seminário sobre Factores Económicos e Demográficos Determinantes dos Campesinatos Africanos e sobre as Teorias de Parentesco, orientado e dirigido pelo antropólogo Claude Meillassoux.

1988 - Frequência, no Centro de Estudos Africanos, de um Seminário sobre o Estado em África como caso específico do Estado periférico, dirigido pelo professor Hartmut Elsenhans.

1994 - Em 6 e 7 de Dezembro prestação de provas públicas de Doutoramento no I.S.C.S.P., da U.T. de Lisboa tendo apresentado a dissertação "As Ilhas de Querimba ou de Cabo Delgado - Situação Colonial, Resistências e Mudança. 1742-1822" -, sendo aprovado com distinção por unanimidade.

1995 - Nomeado Professor Coordenador do I.S.P.I.

1995 - Nomeado Secretário do Centro de Investigação da Indústria Turística e Hoteleira do Instituto de Investigação Científica e de Pós-Graduaçao da Universidade Internacional e seu director e, 1997,

1997- Nomeado Professor Catedrático Convidado da Universidade Internacional.

1997 - Nomeado para fazer parte do Conselho Científico do Instituto Superior Politécnico Internacional (I.S.P.I). .

1997 - Nomeado para fazer parte do Conselho Pedagógico do I.S.P.I. .

1997 - Nomeado Director do Centro de Investigação Aplicada em Gestão Turística e Hoteleira do Instituto Superior Politécnico Internacional(ISPI)

1999 - Eleito pelo Curso de Segurança Social para fazer parte do Conselho Científico do I.S.P.I. .

1999 - Eleito, em 24 de Junho, Presidente do Conselho Pedagógico da Licenciatura em Gestão Turística e Hoteleira do I.S.P.I. .

DOCÊNCIA: CADEIRAS E RESPECTIVOS CURSOS

1 - Na Universidade Livre

1980/81 - Como assistente do Professor Catedrático Doutor Adriano Moreira ministrámos, no mestrado de Sociologia, as seguintes disciplinas:

- História dos Conflitos Sociais: Evolução das Técnicas da Luta pelo Poder;

- A Sociedade Portuguesa: Análise e Perspectivas;

- A Teoria Geral da Terra;

- A Teoria Geral da Indústria.

1981/82 - Orientámos o Seminário sobre Mudança Social em Portugal do mesmo mestrado.

2 - Na Escola Técnica de Enfermeiras

1982/83 - Regência da cadeira de Sociologia da Saúde do 2º ano do Curso de Enfermagem, do Instituto Português de Oncologia.

3 - Na Universidade Internacional / Instituto Superior Politécnico Internacional

1984/85 e seguintes anos lectivos leccionou as seguintes cadeiras:

- Introdução às Ciências Sociais, pela qual foi responsável desde o ano lectivo de 1995/96.

- Estágio Profissional Geral, ambas do Curso Superior de Gestão Hoteleira, 1º ano, até 1988/89.

- Introdução às Ciências Sociais e Humanas, até ao ano lectivo 1994/95.

- Introdução à Política Social, ambas do 1º ano do Curso Superior de Segurança Social, até ao ano lectivo 1993/94.

1988/89 e seguintes , leccionou Antropologia Cultural, 3º Ano do Curso Superior de Gestão Hoteleira.

1989/90 e seguintes foi responsável pela coordenação dos Estágios I, II e de Gestão, do Curso Superior de Gestão Hoteleira..

1995/96- Responsável e docente da cadeira "Comportamento Organizacional" do C.E.S.E. de Gestão Bancária e Seguradora.

1996/97 - Designado para orientar o Seminário "Metodologia da Investigação Científica " do C.E.S.E. de Gestão Bancária e Seguradora.

1996/97 - Responsável pela coordenação das disciplinas "Teoria e Prática de Serviços Hoteleiros I e II do C.S.G.H. .

1998/99 - Designado para orientar o Seminário "Metodologia da Investigação Científica " do C.E.S.E. do 4ºano da licenciatura bietápica em Gestão Turística e Hoteleira;

1999/2000 - Designado para orientar os trabalhos relacionados com o Projecto Profissional do 4ºano da licenciatura bietápica em Gestão Turística e Hoteleira;

2005- Terminou as actividades académicas.

PESQUISA DE CAMPO

Como investigador tomou parte nos seguintes trabalhos de campo, alguns deles na qualidade de consultor técnico:

1961/62 - Em Moçambique recolha de informação sobre o lobolo e etno-história dos Tsonga do Caniçado / Mabalane;

1964/67 - Em Moçambique colheita de dados sobre usos e costumes das populações de Mogincual;

1969/74 - Recolha intensiva e sistemática de material para o estudo da etno-história dos Wamuani das Ilhas de Querimba ou de Cabo Delgado, que incluiu visitas ao Arquivo Histórico de Lourenço Marques;

1975/76 - Na Fonte da Telha, caracterização dos pescadores deste núcleo e da Costa da Caparica;

1977 - Nos distritos de Lisboa e Setúbal num Estudo Exploratório sobre a imagem de diversas marcas de pneus utilizadas por veículos pesados;

1978 - Na região de Setúbal, colaboração num estudo sobre motivações de trabalhadores fabris;

1978 - Em Lisboa, realização de pesquisa etno-histórica para os Municípios de Lisboa e Peniche;

1978 - Nos concelhos de Loures, Mafra, Torres Vedras, Caldas da Rainha e Leiria, como coordenador de uma equipa encarregada de lançar questionários relativos ao estudo de imagem de uma marca de pneus;

1979 - Nas freguesias da Sé (Faro), Estói, Pechão, Relíquias e Aljustrel, como coordenador de uma equipa encarregada da realização de uma sondagem à opinião pública, visando conhecer as motivações dos eleitores portugueses;

1979 - No concelho da Batalha, como coordenador de uma equipa encarregada de um estudo sobre a caracterização da população do concelho;

1979/82 - Nas capitanias de Lisboa, Setúbal e Cascais num Projecto de Investigação e Desenvolvimento, patrocinado pela Junta Nacional de Investigação Científica e Tecnológica e pela ANTROPOS - Sociedade de Estudos de Sociologia e Antropologia, Lda, intitulado "A reconversão da pesca artesanal - Problemas Humanos",

os e grande parte das freguesias), num Projecto de Desenvolvimento Regional dos Açores - Uma perspectiva sociológica e antropológica;

1979/82 - No Concelho de Loures num Estudo de caracterização da população do complexo rural/urbano;

1979/81 - Na Madeira (todos os concelhos e maioria das freguesias), num Projecto de Desenvolvimento Regional: Uma perspectiva sociológica e antropológica;

1980 - Em Setúbal, num Estudo sobre as atitudes das populações da cidade em relação aos cemitérios;

1980 - No Porto, num Estudo sobre as motivações dos trabalhadores fabris (comportamento organizacional);

1980 - Na região de Torres Vedras num Estudo sobre motivações dos trabalhadores fabris;

1980 - Nos distritos do Porto, Braga, Viana do Castelo, Bragança e Vila Real num Estudo sócio-político das suas populações;

1980 - Em Mirandela, Vila Real e freguesias de Romeu e Pópulo, como coordenador de uma equipa e ainda as freguesias de Castelo Branco, Castanheiro do Norte, Alijó, Vilar de Ferreiros, Mascarenhas, Carviçais, Samardã , Soutelo de Aguiar, Macieira de Lixa, Prado, Pousada, Murjães, Cepões, Cristelo Covo, Barrozelas, Sequeira, Refojos de Basto, S. José e S. Lázaro, Gebelim, Chacim, Celeiró de Sabrosa, participando em sondagens à opinião pública, visando conhecer as características e motivações políticas do eleitorado português;

1980 - Na freguesia de Belas, como coordenador de uma equipa que colaborou num Estudo sobre a problemática de saúde e o comportamento das populações face a ela;

1980 - Na praia de Mira, num Estudo de natureza etno-sociológico sobre a sua população de pescadores e agricultores;

1980/81 - No concelho da Maia, num Estudo sobre habitação, necessidades e motivações das suas populações, incluindo seus comerciantes e indústriais;

1980 - Na praia de Mira, num Estudo de natureza etno-sociológico sobre a sua população de pescadores e agricultores;

1981 - Nos concelhos do Algarve e do Baixo Alentejo e respectivas freguesias, num Estudo preliminar de carácter exploratório sobre a imagem e implantação da Universidade do Algarve e na segunda fase do mesmo, como coordenador da equipa;

1981 - Nos concelhos de Almodôvar, Castro Verde, Ourique, Serpa e Mértola e respectivas freguesias num Estudo de natureza antropo-sociológico relativo à instalação de um complexo mineiro;

1981 - Em Lisboa, num Estudo preliminar de carácter exploratório sobre rendas de casas antigas;

1981 - Nos concelhos de Sines, Santiago do Cacém, Alcácer do Sal, e Grândola num Estudo de natureza antropo-sociológico das respectivas populações;

1981 - Em Sines, num Estudo antropo-sociológico das populações da região sul e coordenador de uma equipa de inquiridores encarregada do lançamento de um questionário;

1981 - Nos distritos de Leiria e Coimbra, num Estudo sócio-antropológico sobre a problemática do livro escolar, a nível dos ensinos primário, preparatório e secundário;

1981 - Nas freguesias de Cabeça Gorda, Albernoa, Cachopo, Currais, Estói, Stª. Bárbara de Nexe, e Poço do Mouro, como coordenador de uma equipa que colaborou num Estudo sobre emigração;

1982 - Em Lisboa, num Estudo sócio-antropológico sobre a imagem que têm as populações dos Dispensários Materno-Infantis da Misericórdia de Lisboa;

1982 - Em Lisboa, num Estudo exploratório de natureza sócio-antropológico sobre as motivações, aspirações e padrões de comportamentos relativos - a saúde preventiva das populações da freguesia de Stª . Maria de Belém;

1982 - Nas freguesias de São Salvador, Oliveira do Bairro, Couto Esteves, Soure, Covões e Reigoso, como coordenador de uma equipa de inquiridores que colaborou no Estudo sobre a imagem do Ministério da Cultura e Coordenação Científica;

1982 - Nos concelhos de Beja, Mértola, Almodôvar, Ourique e Castro Verde, fazendo parte de uma equipa encarregada do Estudo sociológico sobre as motivações da população escolar;

1983 - Em Lisboa, num Estudo exploratório de natureza sócio-antropológico sobre as relações entre os profissionais de alguns Serviços da Misericórdia de Lisboa com vista à instalação de um serviço de prestação social integrada;

1984 - Nos concelhos de Almada, Seixal, Barreiro, Moita e Setúbal, num Estudo sócio-antropológico sobre as motivações dos alunos do 12º ano em relação à escolha de uma carreira militar;

1985 - Nos concelhos de Penacova, Stª. Comba, Carregal do Sal, Tábua, Arganil e Mortágua, num Estudo sócio-antropológico sobre o impacto da barragem da Aguieira no meio ambiente e populações.

ACTIVIDADE PROFISSIONAL E CIENTÍFICA

- Em Moçambique, por motivos profissionais, de 1961 até 1974, onde desempenhou funções de chefia em Mabalane, Murrupula, Mogincual, Mueda, Ibo, Pemba e realizou trabalho de campo entre os povos makhwa de Murrupula e Mogincual, makonde de Mueda e mwani das Ilhas de Querimba e Porto Amélia(Pemba).

- Participação em muitas dezenas de eventos científicos ligados à temática africana e do turismo.

ÁREAS CIENTÍFICAS DE INTERESSE

Interessado pela Antropologia Africana- governação colonial, ritos de passagem, alimentação e contactos de cultura- pela cultura alimentar tradicional, pela cultura organizacional e pelos problemas humanos relacionados com a mudança em comunidades rurais e piscatórias e em organizações empresariais, particularmente, turísticas e hoteleiras

COMUNICAÇÕES E PUBLICAÇÕES

- 1980- "Problemas Eco-Sociais e a Reconversão da Pesca Artesanal";

- 1982- "O Trabalho de Campo na Antropologia e o Desenvolvimento";

-1984- "O Desenvolvimento das Pescas nas Costas do Algarve-Achegas para o Estudo do seu Passado";

-1986- " As Potencialidades das Fontes Históricas na Pesquisa Antropológica";

-1986- "O Desenvolvimento das Pescas nas Costas do Algarve-Achegas para o Estudo do seu Passado. Breves Considerações Finais";

-1987- "A Pesca do rio Tejo. Os Avieiros: Que Padrões de Cultura? Que Factores de Mudança Sócio-Cultural? Que Futuro?";

-1988- "O Desenvolvimento das Pescas nas Costas do Algarve-Achegas para o Estudo do seu Passado.- Ambiente, Tecnologia e Qualidade de Vida";

- 1989- "A Posição Geo-Política e Estratégica das Ilhas de Querimba. As Fortificações de Alguns dos seus Portos de Escala";

-1990- “La Femme Mwani e la Famille. Étude Quantitatif des Quelques Comportements des Femmas de l’île d’Ibo”;

-"1991- O 1º Pré-censo de Moçambique- A Relação Geral de População de 1798 das Ilhas de Querimba ou de Cabo Delgado";

-1992- "Uma Experiência de Desenvolvimento Comunitário na Ilha do Ibo/Moçambique entre 1969 e 1972";

-1997- "Os Prazos da Coroa nas Ilhas de Querimba e a sua Importância na Consolidação do Domínio Colonial Português";

-1998- "Ambiente, Cultura e Navegação nas Ilhas de Querimba. Embarcações, Marinheiros e Artes de Navegar";

-1999- "A Administração Colonial Portuguesa em Moçambique- Um Comando Militar em Mogincual, entre 1886 e 1921";

-2000- "Situação Colonial nas Ilhas de Querimba ou de Cabo Delgado- Senhorios, Mercadores e Escravos"(Resumo da tese de doutoramento);

-2000- “Contactos de Cultura Pós-Gâmica na Costa Oriental de África. O Estudo de um Caso Concreto”;

-2001- “A Ilha do Ibo: Gentes e Culturas-Ritos de passagem”;

-2001- “Ambiente, Cultura e Navegação nas Ilhas de Querimba- Embarcações, Marinheiros e Artes de Navegar”.

-2003- “A Cozinha Tradicional na Área do Pinhal e o Desenvolvimento Regional - O Maranho como Prato Emblemático num Processo de Mudança”;

-2003-“A possessão em Moçambique- O Curandeiro N´kanga entre os Wamwuani do Ibo(1969- 74)”.

-2004- “A Antropologia da Alimentação em Portugal.- Um estudo concreto”;

-2005- “A Sociedade de Geografia de Lisboa e o Turismo”;

-2007- “Um Projecto de Investigação sobre Cozinha Tradicional na Área do Pinhal e Vale do Tejo”;

-2008- “O Novo Código de Posturas da Câmara Municipal de Cabo Delgado, de 1887. Uma Leitura Etnográfica”;

-2009- “Tecnologias Tradicionais do Mundo Rural, no Ribatejo: O Ciclo do Azeite em Mouriscas (Abrantes), nos meados do Século XX”;

- 2010- “Os Sakalava de Madagascar em Moçambique. Ataques às Ilhas de Querimba e Terras Firmes Adjacentes e Suas Implicações, entre 1800-1817”;

-2011- “As Condições de Trabalho em Moçambique, depois da Abolição da Escravatura. Direitos e Deveres dos Serviçais e Colonos e dos Patrões, em 1880 na Província de Moçambique”;

- 2011-“A Mestiçagem Biocultural nas Ilhas de Querimba/Moçambique e suas Implicações na Administração Colonial Portuguesa. Achegas para o seu Estudo”;

-2011- “Notas sobre algumas das seculares manufacturas das Ilhas de Querimba ou de Cabo Delgado”;

-2013- “Palestra na Escola Secundária do Cartaxo sobre” Memórias do mundo rural no alto Ribatejo, nos meados do século xx. O ciclo dos cereais: o milho e o trigo, a sua transformação em farinha e o fabrico do pão caseiro, em fornos a lenha”;

-2014- “Sabores gastronómicos entre os wamwani da ilha do Ibo/Cabo Delgado. Achegas para seu estudo”;

-2015-“ Moinhos e Azenhas de Mouriscas. Vivências e Memórias de um jovem moleiro -1944-1949”. A.I.D.I.A., Cadernos Culturais, nº 9, Agosto 2015. 2ª edição. 2017. pp. 57”;

- “Mouriscas. Preservar o seu Património Cultural para Defesa da sua Identidade”. A.I.D.I.A , Cadernos Culturais, nº 10, Novembro 2015, p. 133”;

- 2016- “Mouriscas, do Passado ao Presente. Artes e Ofícios e seus Titulares(1860-1911) . A.I.D.I.A, Cadernos Culturais, nº 12, Março 2016, pp 257”;

-2016 “ A Cozinha Tradicional na Área Pinhal e do Vale do Tejo, num Processo de Mudança- Estudo Exploratório. ISEC. Lisboa,pp 383”.

-2017- “Obreiros do Mundo Agrícola de Mouriscas, I e II. Proprietários, Agricultores e Jornaleiros e seus Titulares(1860 e 1911). A.I.D.I.A, Cadernos Culturais, nºs 20, Dezembro 2016, pp. 296 e nº21, Março 2017, pp 120”;

-2017- “Mouriscas: Memórias Etnográficas. Objectos, Alfaias e Artetactos em Uso c.1950- Achegas para seu Estudo. AIDIA, Cadernos Culturais, nº24, Dezembro 2017”

-2017- A Governação das Ilhas de Querimba ou de Cabo Delgado- População, Fragilidades, Violências e Rebeldias. Séculos 18º e 19º. Lisboa, SGL, pp 288.

Tem publicados vários artigos sobre as Ilhas de Querimba ou de Cabo Delgado, em http://foreverpemba.blogspot.pt/.