Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

MOURISCAS - TERRAS E GENTES

Criado em 2004 para falar de Mouriscas e das suas gentes. Muitos artigos foram transferidos doutro espaço. Podem ter desaparecido parágrafos ou espaços entre palavras, mas, em geral, os conteúdos serão legíveis e compreensíveis.

MOURISCAS - TERRAS E GENTES

Criado em 2004 para falar de Mouriscas e das suas gentes. Muitos artigos foram transferidos doutro espaço. Podem ter desaparecido parágrafos ou espaços entre palavras, mas, em geral, os conteúdos serão legíveis e compreensíveis.

Citação no Ciberdúvidas

01.09.08 | João Manuel Maia Alves
Ciberdúvidas da Língua Portuguesa é o nome duma utilíssima página da Internet. O seu endereço é http://ciberduvidas.sapo.pt/

Em Março de 2006 saiu neste blogue o artigo “Falar mourisquense (4)”, que mereceu a honra de ser citado no Ciberdúvidas. Ora leiam.

[Pergunta | Resposta]

A palavra corrécio

[Pergunta] A palavra que gostaria de ver esclarecida, se possível, "corréccios", aparece no romance de Mário de Carvalho entitulado Fantasia para Dois Coronéis e Uma Piscina. Procurei em vários dicionários, inclusive no da Academia, e não encontro o vocábulo. Imagino que o seu sentido passe por «indivíduos em correcção (são soldados apelidados por um oficial superior de corréccios)» ou «alvos de acções correctivas, que estiveram numa casa de correcção ou que estão em correcção».

Seria possível confirmar?

Obrigado.

Horácio Silva :: Professor :: Vila Nova de Santo André, Portugal

[Resposta] Corrécio está atestado no Dicionário de Expressões Populares Portuguesas, de Guilherme Augusto Simões, com o significado de «militar que se porta mal, que tem muitos castigos, indisciplinado». Numa página da Internet, intitulada Mouriscas - Terras e Gentes e dedicada ao falar de Mouriscas (Abrantes, Portugal), também se regista corrécio, na acepção de «vadio», acompanhado das seguintes atestações: «Quando ele era novo, era um corrécio; ia a todos os bailes e festas das terras à volta.» Repare-se que a palavra não dobra a letra c.

Sandra Duarte Tavares :: 05/06/2008