Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

MOURISCAS - TERRAS E GENTES

Criado em 2004 para falar de Mouriscas e das suas gentes. Muitos artigos foram transferidos doutro espaço. Podem ter desaparecido parágrafos ou espaços entre palavras, mas, em geral, os conteúdos serão legíveis e compreensíveis.

MOURISCAS - TERRAS E GENTES

Criado em 2004 para falar de Mouriscas e das suas gentes. Muitos artigos foram transferidos doutro espaço. Podem ter desaparecido parágrafos ou espaços entre palavras, mas, em geral, os conteúdos serão legíveis e compreensíveis.

A lenda da Grade de Ouro

08.03.07 | João Manuel Maia Alves
A freguesia de Mouriscas é banhada por uma ribeira de nome Ribeira de Arcês, cheia de lendas. Num local chamado Mina da Lapa da Moura existe um fundão chamado Poço da Talha e à volta dele nasceu a lenda da Grade de Ouro.

Reza a lenda que nesta ribeira havia uma grade de ouro deixada pelos mouros quando por aqui passaram. Várias foram as pessoas que a tentaram encontrar, mas todos os esforços foram em vão. Um dia, um certo homem fez-se corajoso e disse a todos que iria buscar a famosa grade.

Depois de muitos esforços e tentativas conseguiu tirar de lá a grade e pô-la às costas dizendo muito orgulhoso à medida que ia subindo o monte: Quer Deus queira quer não queira, a grade já cá vai ao cimo da ladeira.

Ainda não tinha terminado a frase e o homem já assistia a algo espantoso. Desprendendo-se rapidamente das suas costas, a grade começou a rebolar pela ladeira, parando apenas no seu local de origem: o Poço da Talha.

Rita Filipe