Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

MOURISCAS - TERRAS E GENTES

Criado em 2004 para falar de Mouriscas e das suas gentes. Muitos artigos foram transferidos doutro espaço. Podem ter desaparecido parágrafos ou espaços entre palavras, mas, em geral, os conteúdos serão legíveis e compreensíveis.

MOURISCAS - TERRAS E GENTES

Criado em 2004 para falar de Mouriscas e das suas gentes. Muitos artigos foram transferidos doutro espaço. Podem ter desaparecido parágrafos ou espaços entre palavras, mas, em geral, os conteúdos serão legíveis e compreensíveis.

Dr. João Santana Maia (3)

06.06.06 | João Manuel Maia Alves
Um encontro do passado com o presenteRecordar o ilustre mourisquense Dr. João Gualberto Santana Maia(Continuação)j_santana_maia-0.jpgDesde 1932 até 1977, data em que se reformou como médico municipal, o Dr. João Gualberto exerceu com muita humanidade, amor e abnegação a profissão de médico. Foi uma vida inteira de grande generosidade e dedicação ao bem público e ao serviço dos outros.Tanto no seu consultório como em casa dos pacientes, onde se deslocava na sua égua, foi sempre médico de toda a gente, pobres e remediados. Aos mais desafortunados da sorte, não cobrava um centavo. Não tinha horas para receber os seus doentes. As suas competências, bondade e altruísmo cedo ultrapassaram as fronteiras da freguesia de Mouriscas. Muitos doentes das freguesias limítrofes procuraram o seu consultório em busca de alívio. Convém recordar que nessa altura os telefones eram raros, a electricidade ainda não tinha chegado às Mouriscas e as vias de comunicação limitavam-se a caminhos carreteiros e carreiros, nem sempre em boas condições para neles se transitar.Eu tive o raro privilégio de ter relações de muita proximidade com o Dr. Santana Maia, não só como seu doente como também como seu aluno. Recordo-o como professor, exigente e rigoroso, de Matemática, Desenho, Física, Química, Ciências Naturais, .., durante os quatro anos que frequentei o Colégio Infante de Sagres, onde, em 1951, concluí o 2º ciclo liceal. Foi sempre um amigo e um conselheiro que recordo com muita saudade e gratidão.Para além de médico e professor, o Dr. João Gualberto esteve, durante muitos anos, ligado à Comissão das Festas de Verão, realizadas nas Ferrarias, no Largo do Espírito Santo. Então tinha lugar um Peditório com o fim de angariar meios financeiros destinados a melhoramentos da Freguesia. Nessa ocasião, com alguns festeiros e acompanhados por Banda de Música, percorria grande parte dos lugares de Mouriscas. A sua prestigiada presença representava o sucesso da operação. Todos lhe deviam favores e, por isso, contribuíam, sem problemas, com a sua ajuda. O conteúdo do Programa que a seguir se transcreve, é bem indicativo de quanto os Mourisquenses lhe deviam :“HOMENAGEM DE MOURISCAS AO SEU MÉDICODr. JOÃO GUALBERTO SANTANA MAIAMOURISQUENSES Raras vezes se terá prestado a alguém uma homenagem mais justa e mais merecida do que esta que o povo de Mouriscas vai prestar agora ao seu médico e ilustre filho, Sr. Dr. JOÃO GUALBERTO SANTANA MAIA. É que Mouriscas deve muito ao Sr.Dr. SANTANA MAIA. E os Mourisquenses têm disso plena consciência. Não admirando, por isso, a forma tão espontânea e unânime como todos estão a aderir à iniciativa desta homenagem. Para além de muitos outros inestimáveis serviços prestados à sua terra a ela consagrou o Sr, Dr. SANTANA MAIA toda a sua actividade de médico. Foram 45 anos de doação total, proficiente, dedicada e generosa aos seus doentes. Raros terão sido aliás, os mourisquenses que durante este tempo não terão beneficiado directa ou indirectamente da sua acção. Tendo atingido agora o limite de idade como médico municipal, pensaram os mourisquenses ser um momento oportuno para lhe prestarem a homenagem pública que lhe era devida. A Comissão constituída para o efeito, tem consciência de que o Programa por ela elaborada e que a seguir se indica nas suas linhas gerais é demasiado simples e modesto, mas também sabe que ao Sr. Dr. SANTANA MAIA a homenagem que mais lhe agradará será ter a certeza da sinceridade com que é feita e a admiração e gratidão profundas que ela traduz da parte de todos os mourisquenses. E isso lhe podemos garantir inteiramente.PROGRAMADia 11 de Setembro de 197709 HORAS- Concentração junto das Estação dos Caminhos de Ferro- Cortejo, passando pelo Outeirinho, até ao consultório do Sr. Dr. SANTANA MAIA. - Descerramento duma lápida comemorativa:NOTA: Este cortejo é evocativo e segue o mesmo itinerário do realizado em 13 de Novembro de 1932, quando da entrada do Dr SANTANA MAIA,como médico, em Mouriscas, depois da sua formatura em Coimbra.Constituiu uma extraordinária manifestação de carinho e confiança e terá sido decisivo para que o Sr. Dr. SANTANA MAIA resolvesse fixar-se definitivamente em Mouriscas, como médico.12,30 HORAS - Missa de Acção de Graças na Igreja Paroquial.13,30 HORAS – Descerramento no Largo da Igreja da Placa Toponímica que dará ao mesmo o nome de " LARGO Dr. JOÃO GUALBERTO SANTANA MAIA"NOTA: A Banda de Musica do Sardoal abrilhantará os actos festivos deste Programa. Descargas de morteiros assinalarão os momentos mais significativos.MOURISQUENSES- O Pleno cumprimento deste Programa exige despesas. Contamos, por isso, além da vossa presença, com a vossa ajuda materialAo saldo, se o houver, será dado destino de acordo com a vontade do homenageado.A COMISSÃO”Sobre o significado desta grande Homenagem que o povo de Mouriscas lhe fez, o Dr. Santana Maia, com a simplicidade e a modéstia que sempre lhe conhecemos, explicou:“Bem a esse respeito eu entendo que a freguesia nada me devia, porque o que fiz pela freguesia, como Mourisquense que sou, eu tomo-o, não como um devaneio, mas sim com uma obrigação. E acho que é isso que compete fazer a todos os Mourisquenses- trabalhar para bem da nossa terra. (Excerto de entrevista com o Senhor Dr. Santana Maia ao Mourisquense- Mensário de Mouriscas, Ano I, nº 5, Outº 1977).Depois desta merecida Homenagem continuou a ser o Médico de sempre e a ajudar a freguesia de Mouriscas.Faleceu a 19 de Abril de 1991 e está sepultado no cemitério de Mouriscas. Sem desmérito para outros dos nossos ilustres conterrâneos, o Dr. João Gualberto Santana Maia terá sido o mourisquense que, no século XX, maior ajuda efectiva prestou a Mouriscas e suas gentes.É por isso um dever de todos os filhos de Mouriscas recordá-lo como prova da sua eterna gratidão. Para os mais novos deverá constituir um exemplo e uma referência.Em 2007, passarão os 100 anos do seu nascimento. Seria importante lembrar o evento com a realização de um Encontro Científico, faseado ao longo do ano, organizado pelas forças vivas da freguesia, que serviria para Pensar o Futuro de Mouriscas.Aqui deixo a ideia a todos os filhos e amigos de Mouriscas, com fundadas esperanças que ela venha a tornar-se realidade.Pesquisa e texto de: Carlos Bento, doutor em Ciências Sociais e Políticas, professor universitário e director do Centro de Estudos Sociais da ADIMO.