Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MOURISCAS - TERRAS E GENTES

Criado em 2004 para falar de Mouriscas e das suas gentes. Muitos artigos foram transferidos doutro espaço. Podem ter desaparecido parágrafos ou espaços entre palavras, mas, em geral, os conteúdos serão legíveis e compreensíveis.

MOURISCAS - TERRAS E GENTES

Criado em 2004 para falar de Mouriscas e das suas gentes. Muitos artigos foram transferidos doutro espaço. Podem ter desaparecido parágrafos ou espaços entre palavras, mas, em geral, os conteúdos serão legíveis e compreensíveis.

Alcino Serras - atleta de alta competição e charadista

06.05.14 | João Manuel Maia Alves

 

  

Alcino Luís Simão de Matos Serras nasceu em Abrantes, sendo filho dos mourisquenses Alcínio Dias de Matos Serras, que foi bancário e professor, e Maria Antonieta Cadete Simão de Matos Serras, professora do ensino primário de várias gerações de crianças, em Mouriscas e noutras localidades. O pai pertence ao reduzido número de charadistas portugueses a sério, tendo-lhe sido dedicado um artigo que se pode ler clicando aqui.  Alcino Serras seguiu as pisadas do pai no que respeita ao charadismo, além de se ter cotado como atleta profissional de alta craveira. Casou com com Maria do Rosário Martins, também charadista.

Alcino Serras é descendente, por parte do pai,  de António Ferreira Santana, nascido em 1789, em Alagoa, concelho de Portalegre, e de Luísa Lopes, nascida por volta de 1801, na Cabeça de Alconde, da freguesia de S. Vicente, do concelho de Abrantes. Deste casal descendem os Santanas com origem em Mouriscas.

Alcino Serras tem uma forte ligação a Mouriscas, onde residem os pais, passando muito tempo nas Ferrarias e nas Varandas, dois dos lugares da freguesia.

Transcreve-se a seguir, com a devida vénia, o texto dum artigo sobre Alcino Serras, sobre a sua carreira de atleta e charadista, publicado no suplemento Charadistas com História, do número 524 de O Charadista. Antes é necessário esclarecer que os charadistas usam pseudónimos no seu meio; o de Alcino Serras é Serrote, o do seu pai Aldimas  e o da esposa Rosário. No artigo os nomes a negrito são pseudónimos de charadistas.

Serrote

Alcino Luís Simão de Matos Serras nasceu em Abrantes, em 19 de Dezembro de 1965. Como todos os miúdos, imita o pai: Alcínio Serras - Aldimas -, quer nas suas actividades de lazer físicas (concursos de pesca) ou intelectuais. No final da década de '70, acompanha as reuniões da extinta Tertúlia Abrantina, formada pelos saudosos Almar e Johnny Hazard, e o "desaparecido" Rapsag, pelo resistente Aldimas e onde já aparece o Serrote. Todos os dias, após o almoço, estudavam os problemas pendentes e a melhor forma de os solucionar. Recorda-se com saudade de algumas palavras cruzadas muito difíceis, na secção Miolos na Grelha da revista Passatempo.

Em '80, inicia o curso de Engenharia Química Industrial, em Tomar, que só irá terminar em 91, após o serviço militar nas Operações Especiais, em Lamego. Inicia-se, profissionalmente, leccionando Matemática e Química em algumas escolas secundárias. Actualmente, trabalha no Instituto Politécnico de Tomar, cidade onde vive. 

Em 1992, casa com a Rosário, que também gosta de enigmas. Nesse ano, para dar uso a um presente de Natal (uma bicicleta) enceta outra actividade: o desporto de competição. Começa com as provas de BTT (Bicicletas de Todo-o-Terreno), obtendo a primeira vitória em 1994, na Taça de Portugal, disputada em Paderne, Algarve, culminando em 1999 com o Título de Campeão Nacional, em Alcabideche, Cascais. Entretanto, envereda pelo Duatlo - em geral são 10 km de corrida, 40 km de bicicleta e mais 5 km de corrida. Nesta modalidade, vence a Taça de Portugal, em 2001, e o Campeonato Nacional, no Cartaxo, em 2005, e obtém o 10.º lugar no Campeonato da Europa de 2001, disputado em Mafra, e que lhe dá o estatuto de atleta de alta competição. Pelo meio há incursões no Triatlo, sendo Campeão Nacional de Triatlo Longo, em 2004, em Idanha-a-Nova, que se desenrola nas distâncias de 3,8 km a nadar, 180 km de bicicleta e, por fim, 42 km a correr - cerca de 9 horas de exercício!

Em 2007, entra noutra modalidade: o Ultra-trail. São provas de corrida pedestre por trilhos de montanha em distâncias que vão dos 42 aos 300 km. A primeira foi na Serra da Freita, Arouca, de 50 km, saindo vitorioso. Aqui destaca a vitória no Ultra-trail do Aneto, em 2009: prova de 80 km disputada nos Pirinéus espanhóis, com passagens acima dos 3000 m. No final, entre 500 participantes, acaba em 1.º lugar, com perto de 30 minutos de avanço. Destaque ainda para a vitória na primeira prova de 100 km disputada em Portugal, em 2011, na Serra da Estrela. Que palmarés!

Nos últimos dois anos, tem estado um pouco afastado devido a algumas lesões, mas continua a sonhar com novos desafios. Com grande satisfação e serenidade, passou a dedicar mais tempo ao charadismo, com a Rosário e seu pai, participando agora com maior assiduidade nos passatempos de Portugal e Brasil.   Magno.

 

O administrador deste blogue agradece a autorização, através de Alcínio Serras, pai de Alcino Serras, para transcrever este artigo, o que constitui uma honra e uma valorização para esta página da Internet.