Segunda-feira, 28 de Abril de 2008

João Manuel Grossinho Sebastião (2)

J_Sebastiao.JPGNo artigo anterior vimos um pouco da carreira académica do mourisquense João Sebastião, professor primário e subsequentemente professor de sociologia, disciplina em que realizou um mestrado e um doutoramento. Vamos dar neste artigo uma vista de olhos a outras facetas da sua actividade de sociólogo. A lista de publicações assinadas por João Sebastião é demasiado extensa para receber a devida atenção num curto artigo. Limitamo-nos, por isso, a referir alguns títulos:- O pensamento pedagógico na 1.ª República, em colaboração com Teresa Seabra- Viver à margem: as crianças da rua em Lisboa- Renunciar à Escola: O Abandono Escolar no Ensino Básico- Modos de Vida Marginais: O Caso das Crianças da Rua de Lisboa- Desvio e marginalidade infantil e juvenil- Crianças da rua, marginalidade e sobrevivência- Relações dos jovens com a literacia: contextos de socialização em meio operário- Os dilemas da escolaridade. Universalização, diversidade e inovação- Escolaridade obrigatória e desenvolvimento local em meio rural- Números, contas, problemas: a literacia quantitativa no quotidiano, em colaboração com Patrícia Ávila- Dinâmicas de Mudança numa Escola Secundária, em colaboração com Teresa Seabra e Leonor Teixeira- A produção da violência na escola, em colaboração com Teresa Seabra, Mariana Gaio Alves, David Tavares, José Garrucho Martins e Maria João Portas- Renunciar à escola: o abandono escolar na escolaridade obrigatória- A rua como contexto de redefinição identitária- A violência na escola em Portugal, com Mariana Gaio Alves e Joana Campos de Sousa- As políticas de combate à violência na escola, com Joana Campos- Cidades e cidadanias: que papel para a escola?- Escola e Violência: Conceitos, Políticas, Quotidianos, com Mariana Gaio Alves, Joana Campos e Patrícia Amaral- Modelos de ensino e tendências de mudança no ensino superior Em vários outras áreas João Sebastião tem tido participações destacadas. Na impossibilidade de as referir a todas com a profundidade que mereciam, ficamo-nos pela enumeração sumária de algumas:- Coordenador do Observatório de Segurança Escolar, cargo para que foi nomeado em 2005 - Perito nomeado por várias instâncias para integrar grupos de trabalho- Audições na Assembleia da República, uma delas como Coordenador do Observatório de Segurança Escolar- Participante em várias pesquisas e projectos, como, por exemplo, o da "Caracterização Socio-Económica do Concelho de Cascais" onde foi responsável pela área da educação- Apresentação de comunicações em vários encontros, no país e no estrangeiro. Autor deste artigo: João Manuel Maia Alves
publicado por João Manuel Maia Alves às 11:39
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 9 de Abril de 2008

João Manuel Grossinho Sebastião

J_Sebastiao.JPGNo conhecido programa de Manuel Luís Goucha, da TVI, participou no dia 25 do mês passado o mourisquense João Manuel Grossinho Sebastião, que foi apresentado como professor de Sociologia. Tomou parte na emissão para falar dum tema do momento – a violência nas escolas, matéria que se tornou assunto das conversas de quase toda a gente depois de a televisão mostrar vezes sem conta a luta por um telemóvel entre uma professora e uma aluna numa escola do Porto. Volvidos seis dias, João Manuel Grossinho Sebastião esteve presente no conhecido programa “Prós e Contras” na qualidade de “Coordenador do Observatório de Segurança Escolar”, cargo para que foi nomeado em 2005 pelo Ministério da Educação. Aliás, é frequentemente solicitado pelos meios de comunicação social para dar a sua opinião de sociólogo sobre temas de momento. Este mediático mourisquense é conhecido por João Sebastião e é assim que nos referiremos a ele daqui para a frente. Vamos ver quem é e dar uma ideia do que tem feito. Antes vejamos o que significam as palavras “sociologia” e “sociólogo”.Um dicionário de sociologia que pode ser consultado pela Internet define sociologia como “estudo científico das relações sociais, das formas de associação, destacando-se os caracteres gerais comuns a todas as classes de fenómenos sociais, fenómenos que se produzem nas relações de grupos entre seres humanos.” A sociologia estuda os fenómenos sociais, isto é os fenómenos que ocorrem quando vários indivíduos se encontram em grupos de tamanhos diversos. Não estuda o homem isoladamente mas como membro dum ou mais grupos.Sociólogo é o indivíduo que se dedica à sociologia, o que pode fazer de várias maneiras. Pode, por exemplo, escrever livros sobre o assunto ou ensiná-lo ou dedicar-se ao estudo dum problema como as razões da iliteracia (dantes dizia-se analfabetismo) num certo grupo social. João Sebastião nasceu em Mouriscas, no lugar de S. Simão, filho de Abílio Sebastião e Mafalda Alves Grossinho. O pai trabalhou muitos anos na TAP, tendo sido um dos pioneiros dos computadores, no início máquinas raras e enormes que só poucas pessoas dominavam depois de árduo estudo e trabalho. Era mais conhecido por Abílio “Ceifão”. Ceifão é uma curiosa alcunha duma família colectivamente conhecida como os “Ceifões”.No Cacém, cidade do concelho de Sintra, onde João Sebastião tem passado a maior parte da sua vida, frequentou o ensino primário. Os estudos secundários foram realizados na Amadora e em Sintra, tendo concluído o antigo 7.º ano do liceu. Seguidamente rumou a Castelo Branco, para frequentar a Escola do Magistério Primário. Neste estabelecimento de ensino concluiu o Curso do Magistério Primário em 1980. Foi professor de ensino primário, entretanto rebaptizado 1.º Ciclo do Ensino Básico, entre 1980 e 1987. Deu alas na Ajuda, em Lisboa, no Cacém e na Morelena, localidade do concelho de Sintra que José Saramago cita no livro “Memorial do Convento”. João Sebastião tem boas recordações desses anos. Um pouco por acaso veio a interessar-se pela Sociologia. Mal imaginava João Sebastião quanto isso iria mudar a sua vida. Matriculou-se no ISCTE (Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa), onde completou em 1988 o ISCTE a licenciatura em Sociologia. Uma nova carreira docente e académica se iria abrir na vida de João Sebastião. No período lectivo de 1988/89 foi professor de Sociologia da Educação na Escola de Enfermagem Pós-Básica de Lisboa. Em 1989 desempenhou o cargo de formador da Direcção Geral do Ensino Básico e Secundário no âmbito do programa de formação "Apoio à escolarização de crianças ciganas e cabo-verdianas", na âmbito do Curso "O Processo Educativo na Dimensão Intercultural das Escolas do 1.º Ciclo do Ensino Básico"Em Janeiro de 1989 tornou-se Assistente na Escola Superior de Educação de Santarém, onde lecciona desde então as cadeiras da área de Sociologia nos cursos de formação inicial, formação em serviço e de especialização (CESE). A partir de 1996, após concurso público, passa à categoria de Professor-Adjunto, categoria que ocupa hoje.Em 1995 completou um Mestrado em Sociologia Urbana e Rural pelo ISCTE, com a qualificação de Muito Bom por Unanimidade A tese defendida foi “Modos de Vida Marginais : o caso das crianças da rua de Lisboa".Em 2007, fez o no ISCTE o seu Doutoramento em Sociologia, com a qualificação de Aprovado com Distinção e Louvor por Unanimidade. A tese foi “Democratização do ensino, desigualdades sociais e trajectórias escolares”.A carreira de sociólogo de João Sebastião transcende muito a sua actividade de professor. É o que veremos em próximo artigo, que este já vai longo.Autor do artigo: João Manuel Maia Alves
publicado por João Manuel Maia Alves às 09:08
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26

28
29
30
31


.posts recentes

. Eng. Bento Dias - Trabalh...

. Casamentos à moda antiga ...

. Casamentos à moda antiga ...

. Casamentos à moda antiga

. Alcino Serras - atleta d...

. Paulo Lourenço – trabalho...

. Paulo Lourenço – trabalho...

. Major-general médico Carl...

. Curioso costume

. Notícia de 1901

.arquivos

. Janeiro 2018

. Junho 2016

. Maio 2016

. Maio 2014

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds