Quinta-feira, 6 de Janeiro de 2005

Joaquim António de Matos

Joaquim António de Matos, de quem publicámos no artigo anterior os versos com o título "A Saúde", nasceu em 1932, no lugar da Murteira da freguesia de Mouriscas. Fez o examerne do 2º grau - ou da 4ª classe, como também se dizia - aos 11 anos de idade.

O falecido jornalista desportivo e escritor Carlos Pinhão costumava dizer que na escola primária que frequentou havia alunos bons em contas e alunos bons em redacções. Joaquim António de Matos era da segunda categoria, pois no livro que escreveu - "Espaço de Memória" - diz-se que "foi bom aluno apenas em redacção, ditado e desenho".

Na época em que Joaquim António de Matos terminou a escola primária, as crianças mal faziam a 4ª classe começavam logo a trabalhar, em geral de sol a sol nas duras tarefas do campo. Para fugir aos árduos trabalhos da agricultura Joaquim António de Matos aprendeu o ofício de barbeiro aos doze anos de idade e estabeleceu-se por conta própria aos catorze.

Joaquim António de Matos desempenha há décadas a sua profissão no lugar das Ferrarias, sendo um dos dois barbeiros ainda em actividade em Mouriscas.

Principiou muito cedo a escrever poesia, mas foi a partir de 1995 que começou a dedicar-lhe mais séria atenção. Teve trabalhos publicados no Jornal de Abrantes e em algumas revistas. Foi igualmente merecedor de atenção dalgumas rádios locais. Está representado nalgumas antologias de poesia popular, das quais há a salientar uma de poetas populares de Abrantes

Em 2002 Joaquim António de Matos publicou o livro “Espaço de Memória”, dedicado a seu filho, Paulo Jorge Baço de Matos, que ficou paraplégico ao praticar parapente, o seu desporto favorito. No livro tratam-se temas muito diversos, uns mais positivos que outros, constituindo um retrato do que constitui a vida no seu dia a dia com os seus altos e baixos.

Terminamos este artigo com mais um poema de Joaquim António de Matos, a quem agradecemos a autorização da publicação.

A magia dum sonho

Andei à tua procura,
Mas não te encontrei;
Só te vi pelas costas,
No sonho que sei.

Numa corrida distante,
Me cansei na areia...
Eu era teu amante,
Tu eras uma sereia.

Na praia junto ao mar,
Te ias afastando...
Eu estaria a sonhar,
Sem te poder alcançar,
Para trás ias ficando.

Até que por fim, fiquei,
Parado e sem te ver.
Mas quando acordei,
Tão desiludido fiquei,
Com o coração a bater...
publicado por João Manuel Maia Alves às 09:16
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. Casamentos à moda antiga ...

. Casamentos à moda antiga ...

. Casamentos à moda antiga

. Alcino Serras - atleta d...

. Paulo Lourenço – trabalho...

. Paulo Lourenço – trabalho...

. Major-general médico Carl...

. Curioso costume

. Notícia de 1901

. Chuva de estrelas nas fes...

.arquivos

. Junho 2016

. Maio 2016

. Maio 2014

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds