Terça-feira, 28 de Fevereiro de 2006

Humberto Pires Lopes

hpl5.JPGHumberto Pires Lopes é um mourisquense com um multifacetado e meritório percurso de vida que merece ser registado neste blogue dedicado a Mouriscas e suas gentes.Humberto Pires Lopes nasceu a 17 de Novembro de 1940 no lugar do Casal da Milha, freguesia de Mouriscas, concelho de Abrantes, distrito de Santarém. É filho de Alexandre Lopes e de Joaquina Delgado Pires, já falecidos.De 1947 a 1959 frequentou a Escola Primária em Mouriscas, o Ensino Liceal no Colégio Infante de Sagres também em Mouriscas e o Liceu Normal D. João III em Coimbra. De 1959 a 1963 frequentou a Faculdade de Ciências da Universidade de Coimbra pela qual é Licenciado em Ciências Matemáticas.É casado e pai de três filhos.Vida ProfissionalEm Outubro de 1963 iniciou a sua vida profissional como professor do Ensino Secundário no Colégio Soares Barbosa em Ansião, distrito de Leiria.De Setembro de 1964 a Setembro de 1968 cumpriu serviço militar obrigatório, tendo prestado serviço na Guiné entre Abril de 1966 e Agosto de 1968 numa companhia operacional na área da logística (transportes rodoviários). Com esta companhia participou em várias operações de logística no interior da Guiné.De Janeiro de 1969 a Setembro de 1975 foi professor efectivo do Ensino Preparatório e do Ensino Técnico (Industrial e Comercial) na cidade de Carmona, província do Uíge, em Angola.De Outubro de 1975 a Setembro de 1978 foi professor no Colégio Infante de Sagres em Mouriscas, sua terra natal, depois de regressar de Angola.A partir de Outubro de 1978 voltou ao Ensino Secundário Oficial tendo leccionado em 1978/79 no Liceu Nacional Alves Martins, em Viseu, e a partir de Outubro de 1979 no Liceu Nacional de Abrantes, actual Escola Secundária Dr. Manuel Fernandes. Foi o primeiro professor de Matemática com habilitação própria colocado neste liceu. Em Dezembro de 1992 aposentou-se como professor do Ensino Secundário.Desde 1994 até 2001 foi professor convidado da Escola Profissional de Agricultura de Abrantes com sede em Mouriscas.Durante a sua carreira de professor desempenhou os cargos de Director da Escola Preparatória e da Escola Industrial e Comercial de Carmona, em Angola. Foi também Presidente do Conselho Directivo do Liceu Nacional de Abrantes. Foi Delegado à Profissionalização e Orientador de Estágio da disciplina de Matemática. Participou em equipas de Formação Contínua de professores nas áreas da Matemática e da iniciação à Informática. Foi o responsável pela introdução da informática na Escola onde fez as primeiras sessões de iniciação, bem como pela introdução das máquinas de calcular nas aulas. Fez também em Abrantes o primeiro curso de informática ligado ao Programa Inforjovem.Vida PolíticaEm 1976 foi eleito Presidente da Junta de Freguesia de Mouriscas, concelho de Abrantes, como independente numa lista do PPD/PSD. Desempenhou o cargo até Outubro de 1978 dado ter-se ausentado para Viseu onde deu aulas. Foi durante estes mandato que se reiniciaram as Festas de Verão de Mouriscas até aí abandonadas. Foi ainda neste mandato que, através de representantes dos vários Casais da Freguesia, angariou dinheiro para se poder adquirir um Dumper para a Junta de Freguesia. Foi ainda neste mandato, Março de 1977, que se iniciaram os trabalhos de construção da barragem do Negrelinho para abastecimento de água.Em 1979 foi eleito Vereador da Câmara Municipal de Abrantes pelo PPD/PSD como militante deste partido político. Desempenhou o cargo até Janeiro de 1982.Em 1982 foi eleito membro da Assembleia Municipal do Concelho de Abrantes. Em finais de 1983 renunciou ao mandato por impossibilidade de compatibilização com a vida profissional (Orientador de Estágio e Formador)Em 1985 foi eleito Vereador da Câmara Municipal de Abrantes pelo PPD/PSD. Completou o mandato que desempenhou a tempo inteiro a convite do Presidente da Câmara de maioria socialista. Neste mandato, e tendo como Presidente da Junta de Mouriscas Joaquim Cadete, colaborou com a Drª Arminda Pina (Milé) na organização do Museu Etnográfico e Arqueológico de Mouriscas. Iniciaram-se ainda neste mandato as actividades de animação cultural e de lazer da Praça Barão da Batalha, em Abrantes, entretanto fechada ao trânsito automóvel. Foi também responsável pela informatização da Câmara que foi feita durante este mandato, sendo no mandato seguinte alargada para além dos serviços financeiros onde tinha começado. Neste período foi Deputado à Assembleia da República, em regime de substituição, durante aproximadamente um ano, tendo sido Presidente da Sub-Comissão para a Investigação e Desenvolvimento.Em 1989 foi eleito Presidente da Câmara Municipal de Abrantes pela lista do PPD/PSD. Completou o mandato que terminou em Janeiro de 1994. Neste mandato teve a oportunidade de ver concretizado um sonho para a sua Freguesia de Mouriscas – o abastecimento de água em quantidade e qualidade. Assim, foi feito o maior investimento de qualquer mandato anterior ou posterior em Mouriscas pelos Serviços Municipalizados da Câmara de Abrantes. Cerca de trezentos mil contos (um milhão e quinhentos mil euros) foram gastos para trazer a água da Queixoperra até à barragem de Mouriscas no Negrelinho. São 7.300 metros de conduta de 650 milímetros onde a água corre por gravidade, sem qualquer consumo de energia para chegar à barragem. Esta obra estava por fazer havia mais de dez anos por dificuldades dos executivos anteriores em obterem o acordo dos proprietários dos terrenos por onde a conduta iria passar. Em Abrantes, construiu a Biblioteca Municipal António Botto, deu inicio às obras da Avenida das Forças Armadas e do Terminal Rodoviário. Neste mandato foram ainda construídas as estradas que ligam Bemposta a Vale de Açor, S. Miguel a Tramagal, Aldeia do Mato (passando pelos Bairros) até à Cabeça Gorda e da EN 358 ao Souto. De recordar que, quando tomou posse em Janeiro de 1990, o abastecimento de água à cidade estava interrompido devido à cheia do Rio Tejo que destruiu as captações de Taínho. Neste mandato foram ainda adquiridas as actuais instalações das oficinas e armazéns municipais.Em 1993 não foi candidato a qualquer lugar de eleito local, terminando a sua carreira política, que tinha começado em Dezembro de 1976, em Janeiro de 1994.No partido PPD/PSD foi vogal durante vários anos da Comissão Concelhia de Abrantes, foi seu Presidente e ainda Presidente da mesa da Assembleia da Secção. Foi também vogal da Comissão Política Distrital de Santarém. Foi membro, durante vários anos, do Conselho de Jurisdição Distrital de Santarém do PPD/PSD. Foi membro do Conselho Geral da Associação Nacional de Municípios e foi membro do Conselho Fiscal da Associação Nacional de Autarcas Sociais Democratas.Outros Cargos ou TarefasDesde 1994 que se dedicou ao desempenho de cargos e tarefas em associações sem fins lucrativos, nomeadamente IPSS’s. Neste momento pertence à Direcção do Cria (Presidente da Direcção), Centro de Recuperação Infantil de Abrantes, instituição onde trabalham 77 pessoas que prestam serviço a cerca de 130 utentes. Estes utentes estão distribuídos pelas áreas Educacional, Formação Profissional e Centro de Actividades Ocupacionais. Para além destas áreas o CRIA presta serviço à comunidade nas áreas do Rendimento Mínimo de Inserção, na Intervenção Precoce, em parceria, e no Apoio a Famílias dos seus Utentes. O CRIA tem ainda em construção (acabamentos) um Lar Residencial para Pessoas Portadoras de Deficiência e um Pavilhão para Hipoterapia. É ainda Presidente da Direcção da Associação de Desenvolvimento Integrado de Mouriscas, ADIMO e da Mesa da Assembleia Geral da Santa Casa da Misericórdia de Abrantes.Desempenha as funções de Juiz Social no Tribunal de Abrantes, desde Setembro de 2003, para que foi nomeado pelo Ministério da Justiça. Nesta qualidade participa nos colectivos que julgam os processos relativos a crianças e jovens em risco de acordo com a Lei nº 147/99 de 1 de Setembro.Foi Director do jornal local, Nova Aliança, durante sete anos, cronista e comentador na Antena Livre e hoje escreve no jornal Gazeta do Tejo.O desempenho destes cargos e tarefas foram e são voluntários e não remunerados.
publicado por João Manuel Maia Alves às 19:45
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. Casamentos à moda antiga ...

. Casamentos à moda antiga ...

. Casamentos à moda antiga

. Alcino Serras - atleta d...

. Paulo Lourenço – trabalho...

. Paulo Lourenço – trabalho...

. Major-general médico Carl...

. Curioso costume

. Notícia de 1901

. Chuva de estrelas nas fes...

.arquivos

. Junho 2016

. Maio 2016

. Maio 2014

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds